Início » Notícias » Últimas » Leilão de Quail Lodge bate diversos recordes e estabelece máximo mundial
Enviar Imprimir Comentários

Leilão de Quail Lodge bate diversos recordes e estabelece máximo mundial

O recorde mundial com o 250 GTO de 1962 esteve entre os nove valores absolutos alcançados pela Ferrari

18-08-2014 16:58:00

Com um total de 117 automóveis, dos quais 92% alcançaram novos donos, o leilão de Quail Lodge foi um verdadeiro sucesso. A Bonhams, responsável pelo evento, anunciou que ao todo foram movimentados mais de 80 milhões de euros, num leilão em que a Ferrari foi quem alcançou mais recordes, mas em que também se registaram novos máximos para modelos da Maserati, Napier, Rolls-Royce e Speedwell.

Logo no primeiro de dois dias de leilão o mote foi dado pelo Ferrari 250 GTO de 1962, que ao atingir um recorde de 28.469.524€ se tornou no automóvel mais caro alguma vez vendido neste tipo de vendas públicas por licitação. A marca do Cavallino alcançou ainda mais oito recordes, entre os quais os 5,135 milhões de euros do 250 GT Series 1 Cabriolet e os 2,876 milhões de euros do 275 GTB de 1966. Também o F40 LM de 1993, o 330 GTC de 1967 e o365 GTS/4 Daytona Spyder foram outros dos modelos do fabricante italiano a bater os seus valores máximos em leilão.

Outro modelo que superou largamente as expetativas foi o raríssimo SpeedWell 12-J Speed Car, que atingiu 649 mil euros, enquanto o Rolls-Royce Phantom V Touring Limousine que pertenceu a Elvis Presley (veja aqui também o BMW 507 que pertenceu ao Rei do Rock) também fixou um novo máximo para o modelo. Outros automóveis que bateram recordes foram o Austin Mini Beach Car (máximo absoluto entre modelos detidos por clientes da marca inglesa), o Maserati Ghibli 4.7L Spider e o Napier Type 23A 45HP Seven Seater Touring.

 

Nuno Fatela

Comentários:

PUB

Classificados

Procure por Marca, Modelo, Combustível e/ou Ano

PARCERIAS